Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos,,

Da vida não quero muito. Quero apenas saber que tentei tudo o que quis, tive tudo o que pude, amei tudo o que valia a pena e perdi apenas o que, no fundo, nunca foi meu.

Desabafos,,

Da vida não quero muito. Quero apenas saber que tentei tudo o que quis, tive tudo o que pude, amei tudo o que valia a pena e perdi apenas o que, no fundo, nunca foi meu.

Hoje estou mais feliz.

manel martins, 17.12.20

Haverá,  há certamente, quem não saiba que sou um doente oncológico ,sim, é verdade, nunca fiz uso dessa condição nas minhas publicações, nunca me pareceu que tivesse alguma importância,mas hoje vou fazer, pode ser até que um dia destes publique as minhas "crônicas de uma doença anunciada", estão guardadas algures por aqui, depois veremos, por agora vou apenas partilhar com vocês o estado de felicidade que se apoderou de mim hoje após mais uma consulta de oncologia médica no IPO Coimbra.

Sem entrar em  grandes pormenores; hoje, tive consulta de oncologia médica com análises , tinha também para a consulta, uma T A C que já tinha sido feita em setembro.
Fruto da situação que vivemos o SNS está com muitos problemas, podemos falar disso mais adiante, ou não, porque eu estou tão feliz que não quero estragar o momento com algo que possa ser entendido fora do contexto desta minha felicidade.
Após seis anos e nove meses de visitas continuas, umas semanais(duas vezes para tratamentos e consulta), outras quinzenais, muito tempo depois,  mensais, bi-mensais , trimestrais , quadrimestrais e ainda semestrais. Por fim , hoje, recebo a notícia mais esperada para além da costumeira, "está tudo bem, as (suas análises estão muito boas", hoje tive tudo isso e mais, " nós vamos dar-lhe alta, não vemos razão para continuar aqui com nós, mas não tem alta do ipo, vai continuar a vir cá para consulta de controle, mas em peneumologia", para quem não sabe tive cancro no pulmão , fui amputado do pulmão esquerdo, em boa altura,.
Claro, só quem já passou por uma situação parecida poderá compreender o que eu senti...apeteceu-me saltar da cadeira, tirar a máscara, abraçar e beijar toda a gente , gente boa, gente interessada, gente família, sim "gente família" a frase é minha, assumua. Não me vim embora sem que primeiro me fosse explicado passo a passo  como tudo irá decorrer apartir de agora...

Sobre os profissionais do IPO Coimbra que cuidaram  de mim e me acarinharam durante seis anos e nove meses eu tenho muito mais a dizer, não cabe tudo aqui, voltarei a falar deles, não esquecerei nunca!!

  Bem hajam !,

hoje estou mais feliz,,,

 

 

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 20.12.2020

    Senti, muito profundo esse abraço, assim te o devolvo com toda a estima e consideração.. Fica bem!!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.